Terra das Mulheres

by - 21:02

Um livro utópico, onde existe uma terra habitada somente por mulheres. Muitas histórias e boatos circulavam por toda parte a respeito dessa terra.
Como era possível um lugar sem homens? É impossível somente mulheres sobreviverem ao menos que sejam muito primitivas.
Todos os homens que tentaram ultrapassar aquele limite, não retornava com notícias. E todos os turistas foram avisados do perigo dessas terras. Pele menos era isso que dizia o guia da expedição que levava Vandyck, Jeff e Terry nossos protagonistas.
Os 3 exploradores decidem que precisam descobrir se tudo o que dizem é verdade.
Publicado pela primeira vez em 1915, Terra das mulheres mostra como seria uma sociedade utópica composta unicamente por mulheres.
Antes do leitor encontrar a suposta maravilha dessa utopia, terá de acompanhar três exploradores — Van, o narrador; o doce Jeff; e Terry, o machão — e suas considerações e devaneios sobre o país, no qual, os três têm a certeza de que também existem homens, ainda que isolados e convocados apenas para fins de reprodução. Um país só de mulheres, segundo os três, seria caótico, selvagem, subdesenvolvido, inviável.
Uma vez lá, Van, Jeff e Terry se dividem entre a curiosidade de exploradores com fins científicos e o impulso dominador de um homem, oscilando entre tentar entender mais sobre aquela utópica e desconhecida sociedade e o sonho de um harém repleto de mulheres que talvez estejam dispostas a satisfazê-los e servi-los.
O livro foi escrito em 1915, uma época onde o conservadorismo dominava.
Então durante toda a leitura é possível se deparar com textos machistas, e até um pouco preconceituosos para com as mulheres. Mas é muito legal ver que desde aquela época a mudança já estava acontecendo, mesmo que a principio só na cabeça das mulheres.
Deste modo Charlotte Perkins Gilman, nos apresenta uma terra onde as mulheres não se conformam em serem somente donas do lar, não poderem trabalhar, ou serem apenas submissas de seus companheiros, onde suas vozes nunca são importantes ou ao menos ouvidas.

A narrativa é feita através da visão de um homem Sr. Vandyck, que juntamente com Jeff seu amigo mais romante e Terry o machão.
Muitas resenhas que li, falam muito mal do Terry, apresentam ele como um personagem muito chato e insuportável de ler, eu mesma já achei que ele foi uma peça essencial para toda trama, trouxe os pensamentos mais óbvios da maioria dos homens e da sociedade, e claro que esses pensamentos podem trazer muito desconforto quando expostos assim como está no livro.

Jeff era o cara doce e sensível que via as mulheres como donzelas que precisavam ser cuidadas e galanteadas e Terry o Machista ao extremo, que acreditava que existia somente dois tipos de mulheres, as que lhe causavam interesse e aquelas que não causavam.

Eles conseguem entrar nessa cidade e se impressionam com o maravilhoso lugar, a organização, a preservação e como tudo é muito bem pensado.
E o mais surpreendente para eles, habitada somente por mulheres. 
Portanto elas eram construtoras, agricultoras, professoras, e o mais importante de tudo para elas, ERAM MÃES.
O que mais importava para elas era a maternidade, e tudo isso acontecia de uma forma muito peculiar (Sem Homens).

Elas desenvolveram uma terra perfeita onde não existia mal algum, nem guerras, brigas, doenças, nada que pudessem se preocupar, diferente do que qualquer outra parte do mundo tinha.

Pontos Negativos
O livro tem tudo isso de muito interessante para nos apresentar e acho até que é uma leitura validade.
Mas para mim não funcionou.
Posso dizer que minha opinião sobre o livro foi um pouco diferente das demais que antes lendo por ai...
Infelizmente não gostei do livro tanto quanto eu gostaria.

- Os personagens falam pouquíssimo o nome do narrador (Van), e durante a leitura por diversas vezes me esquecia que era narrado por ele, só me dava conta quando ele se referia a ele mesmo em  algumas partes da história.

- O livro fica no mesmo ritmo até próximo do fim, nada acontece, fica boa parte do livro os três homens trocando figurinhas com as mulheres da terra, sobre as diferenças do mundo exterior e da terra das mulheres, isso foi bem chatinho.

- Como elas não tem "Nada de mal a oferecer", nada acontece com eles, mesmo quando faziam coisas que elas não permitiam. Como se fossem sempre plenas, isso me deixou um pouco irritada, pois senti falta de ação na história.

Vinha aquela sensação de "AGORA VAI DAR RUIM", mas nada demais acontecia.

Mas existem lados positivos em todo contexto, recomendo sim que leiam e tirem as próprias conclusões sobre a história.

Título: Terra das Mulheres
Autor (a): Charlotte Perkins Gilman
Editora: Rosa dos Tempos
Ano: 2018
Páginas: 256
Classificação: 3/5 ⭐
Livro na Amazon

Gostou?
Meu link de compra na Amazon está aqui embaixo, comprando por ele você me ajuda e não tem nenhum custo a mais.
Obrigada :D

Talvez Você Goste

3 Comentários

  1. Oi
    não tinha conhecimento desse livro, pena que a história não funcionou para você, legal saber que mesmo nessa época já estavam pensando em situações assim.


    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Brenda.
    Esse livro está na minha lista de desejados que pena que não funcionou tão bem pra vc.
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  3. Café? Aceito sim, obrigado hahaahahaha. Mano, eu já vi 3 pessoas falarem bem desse livro, socorro, eu necessito dele. Livros utópicos são incríveis.

    poeliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, vou amar saber o que você achou!

Instagram